ENTENDENDO: A Crise nas Infinitas Terras

Olá, leitores!
Espero que estejam todos bem!

Na postagem de hoje, irei falar sobre um evento que interferiu diretamente na cronologia do Batman e de outros super-heróis: a Crise nas Infinitas Terras. Você já deve ter ouvido falar dela. E nesse momento, ela é super importante para que possamos continuar entendendo direitinho as HQs do Homem-Morcego. Talvez você já saiba do que se trata esse evento, mas eu escrevi o texto de uma forma que você possa tirar todas as dúvidas. Então boa leitura!

Entre a década de 1930 e 1950, a DC Comics era responsável pela publicação de um grande número de revistas de super-heróis: em junho de 1938, temos o nascimento de Superman; em 1939, lança-se o Batman, seguido pela publicação de Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Flash e muitos outros personagens. À essa época de grande efervescência para os quadrinhos americanos, damos o nome de Era de Ouro.

Contudo, conforme foi chegando o fim da década de 1950, alguns personagens foram perdendo a popularidade; tornou-se necessário reformular alguns de seus personagens, criando versões modernas e mais populares de alguns desses super-heróis. Dava-se início à Era de Prata dos quadrinhos. O Flash, por exemplo, foi reformulado e tornou-se Barry Allen, que se intitulava Flash II porque se inspirava em Jay Garrick, o Flash I. Entretanto, como explicar o fato de que o Superman lutara ao lado de Flash I e agora estava lutando ao lado de Flash II? A solução criada foi: esses dois personagens existiam, porém em mundos paralelos. Os poderes de supervelocidade de Barry Allen permitiram que ele cruzasse a fronteira dimensional e rompesse a barreira vibratória entre os dois mundos, fazendo com que ele encontrasse Flash I e eles se tornassem bons amigos. Essa história está na HQ “Flash de dois mundos” (Flash of Two Worlds, The Flash vol.1 #123. Clique aqui  ou na capa ao lado para baixá-la em espanhol ), e foi a primeira de muitas a mostrar o cruzamento temporal e espacial de personagens da Era de Ouro e da Era de Prata. A partir desse momento, convencionou-se que a Terra da Era de Prata seria a “Terra Ativa”; e a terra da Era de Ouro seria a “Terra Paralela”. Na Terra Paralela existiam também as versões mais velhas e menos poderosas do Superman e do Batman, e a a Sociedade da Justiça; na Terra Ativa havia a Liga da Justiça. Posteriormente, a Sociedade da Justiça se encontraria várias vezes com a Liga da Justiça atravessando as dimensões.

Confuso, não é? Então, imagine que à medida que a DC ia comprando outras editoras, como a Fawcett (depois de uma longa briga judicial) e a Charlton, essas eram incluídas como outras Terras Paralelas – aumentando ainda mais o número de Terras.

Essa multiplicidade de universos paralelos não estava sendo devidamente administrada pela DC Comics. E isso estava afastando os leitores novos e confundindo os antigos ; era difícil entender qual era a cronologia oficial de cada herói, quais eram os fatos considerados ou não em cada um dos universos.
Eis que nos anos 80 a DC Comics iria completar 50 anos, e essa não era uma boa maneira de comemorar seu aniversário… Surge então, em 1985-86, a saga “Crise nas Infinitas Terras”, que destruiu e zerou a cronologia de cada um dos heróis, dando à DC a oportunidade de criar um universo mais simples de se entender. A Crise unificou os personagens sobreviventes e suas origens em um único universo coeso.
São convidados Mary Wolfman e George Peres, os artistas mais conceituados do momento, para escrever a reestruturação do universo DC.

Monitor

Bem, na saga da Crise das Infinitas Terras, temos duas forças poderosas e diametralmente opostas: o bondoso Monitor e o vilão Anti-Monitor, que foi criado como resultado do mesmo experimento que criou o Multiverso. Anti-Monitor estava ameaçando a estabilidade do mundo através de uma força da natureza denominada “antimatéria”, capaz de destruir tudo por onde passava, ou seja: seres humanos, construções, países, elementos naturais… galáxias… e todo o Multiverso.
Ciente deste terrível fato, o Monitor decide convocar aqueles que julga capaz de evitarem que Anti-Monitor atinja seus objetivos assassinos: chamar os maiores heróis de todos os Universos, para que lutassem para evitar destruição iminente.

Anti-Monitor

Um grupo de heróis foi enviado, sob a tutela de Monitor, com o objetivo de proteger os maquinários programados para fundir as Terras sobreviventes em uma única Terra, que fosse capaz de sobreviver à destruição pela antimatéria. Mas Anti-Monitor não iria deixar isso acontecer sem represálias, e então ataca os presentes, criando conflitos de dimensões tão grandes que envolvem quase todos os heróis do Universo DC.
Infelizmente, Monitor é morto por sua assistente que estava possuída pelos demônios de Anti-Monitor; contudo, havia antecipado os fatos de tal forma que o advento da sua morte liberou energia para proteger os últimos 5 universos restantes enquanto heróis atacarem o Anti-Monitor.
Os heróis estavam acostumados com embates, mas não dessa forma, e eles tem que lidar com sentimentos de culpa, das mortes, renascimentos e mudanças que aconteceriam.

A trama é gigantesca, cheia de batalhas lindas de se ver (obra dos reconhecidos artistas). No fim da batalha contra o Anti-Monitor, o espaço-tempo é desfeito, e os vários elementos das cinco Terras existentes anteriormente são fundidos na única e nova Terra, unificando assim as sagas da DC que viriam pela frente.

E como a Crise nas Infinitas Terras afetou o Batman?

Capa da estória “From Each Ending…A Beginning!”, que conta como surgiu a Caçadora. Batman in the Seventies Vol 1, 1999

Selina Kyle (Mulher-Gato)
Bom, inicialmente Selina Kyle era uma dona de loja de animais bonita e bem-vestida que decidiu virar ladra. Ela tinha uma relação de amor e ódio com Batman, até que se casou com ele na Terra 2 (uma terra Paralela), tendo uma filha chamada Helena Wayne. Helena seguiu os caminhos dos pais para um treinamento físico e psicológico completo. Selina abandonara o papel de Mulher-Gato em nome do casamento, e Batman reduzia cada vez mais suas atividades, prestando-se apenas à serviços extraordinários. Quando Helena já estava adulta, uma chantagem feita por um criminoso à Selina para que ela voltasse a ser a Mulher-Gato acaba culminando num tiro acidental que mata Selina. Helena decide capturar o criminoso, e depois disso, gostando da sensação de lutar contra o crime, torna-se a Caçadora.

ENTRETANTO, após a Crise nas Infinitas Terras, Helena Wayne foi destruída pelos aliados do Anti-Monitor, e todas as memórias de sua existência e de seus pais da Terra Paralela foram apagadas.
Lembra-se do meu post sobre a Mulher-Gato, em que ela surge como uma prostituta decidida a conseguir o que quer com as próprias mãos? Então, essa HQ é pós-Crise nas Infinitas Terras.

Cena de Batman #144 (dezembro de 1961)

Batwoman & Batgirl
Antes da Crise nas Infinitas Terras, a Batgirl era Betty Kane, uma tenista que nutria um amor platônico por Robin e que, motivada pela ideia de conhecê-lo pessoalmente, decide combater o crime ao lado de sua tia Kathy Kane (Batwoman).
Após a Crise, essas duas personagens são zeradas e começam novas histórias. Leia aqui a história da Batwoman que publiquei no Batman Guide.

Conclusão

Na próxima postagem, eu mostrarei uma HQ em que Batman decide abdicar da ajuda do Garoto-Prodígio. E esse texto será essencial para introduzir o próximo Robin, indisciplinado e com o passado turbulento.

Agora que você chegou até aqui, já sabe que o que se chama de “pré-Crise” não é mais considerado, e que todas as postagens que fiz aqui foram “pós-Crise”.

Conforme forem aparecendo mais detalhes que envolvam a Crise, explicarei nas postagens. E bom, como vocês devem se lembrar da minha apresentação do blog, não sou uma especialista em Batman, e posso ter errado em alguns detalhes. Mas escrevi esse texto com muito carinho e muita pesquisa. E caso você tenha alguma dúvida ou queira fazer alguma correção, deixe um comentário ou me mande um e-mail: contato.batmanguide@gmail.com! 🙂

E, como não poderia deixar de ser, eu trouxe Crise nas Infinitas Terras para vocês baixarem! É uma HQ e tanto, não deixe de ler para acompanhar de perto toda essa grande transformação no Universo DC!

Hora de fazer o download dessa obra!


Anúncios

  1. Ainda preciso ler essa obra, assim que a panini relançar eu compro, vale a pena ter na estante.
    Queria dar uma sugestão de post, sempre tive curiosidade de ler Gotham Central (Gotham City contra o crime) do Ed Brubaker e Greg Rucka, mas não encontro pra baixar em português. É uma série muito elogiada, que explora o lado policial de Gotham, e pelos reviews parece muito foda.
    Mais uma vez parabéns pelo post. Abraço!

    • Bom dia, Keytson!

      Querido, acabo de testar o link e ele está funcionando perfeitamente.
      Qual a mensagem de erro?
      Será que não é a sua conexão? Às vezes, uma conexão com sinal instável pode interromper o download de arquivos um pouco mais pesados (acima de 50 MB). Quando estiver fazendo o download, evite executar outras aplicações em paralelo (navegador, jogos, programas pesados, etc).
      Também pode ser o seu navegador. É interessante usar um navegador mais atualizado. Seu firewall também pode estar atrapalhando o download, ou também o antivírus que você usa pode estar considerando o arquivo como infectado (o que é impossível, pois eu mesma upo esses arquivos para o blog).

      Pode ser qualquer uma dessas coisas, mas eu acredito que seja, realmente, a sua conexão com a internet. Isso também acontece comigo quando estou baixando arquivos pesados. A solução para isso é colocar o download para fazer e não rodar mais nada, ou então deixá-lo em algum ponto da sua casa onde o sinal seja excelente (no caso de wi-fi)

      Por favor, tente novamente essas coisas que falei.

      Boa sorte, querido!

  2. Após clicar em download na página do mediafire, o download não inicia. Informa erro “HTTP 403 – Proibido” “O site recusou-se a mostrar a página da Web”, “Causas prováveis: Este site requer que você faça logon”.

  3. Jéssica, já tentei com o Mozilla Firefox, com o Internet Explorer e o Google Chrome. Em todos deu erro. No Firefox, após clicar em download no mediafire, direciona para o link http://199.91.152.59/ayc6t7w169dg/fw7s7ccbriuwxff/CriseNasInfinitasTerras%5Bbatmanguide.wordpress.com%%5D.cbz e aparece uma página em branco. No Chrome aparece: O acesso à página da web foi negado
    Você não está autorizado a acessar a página da web em http://199.91.152.59/7luiu4i56egg/fw7s7ccbriuwxff/CriseNasInfinitasTerras%5Bbatmanguide.wordpress.com%5D.cbz. Pode ser necessário fazer login.
    Erro HTTP {403 (Forbidden): O servidor não completou a solicitação. No IE aparece erro parecido, descrito no post anterior. Parece ser um problema apenas deste download, porque estou conseguindo baixar todos os outros do seu site. Você tentou realizar efetivamente o download (clicou em download no mediafire)?

  4. Jéssica,

    Consegui baixar pelo 4shared. Obrigado pela atenção e preocupação neste domingo, tomando seu tempo… Desculpe pelo incômodo. O site é nota 10 e você escreve muito bem. Dá vontade de ler logo a próxima resenha sua. Parabéns e obrigado mais uma vez.

  5. Olá,
    Acabei de chegar no site e achei ele muito bom,você esta de parabéns (não sei se existe uma equipe por trás disto tudo, mas mesmo assim Parabéns, de novo).
    Queria saber se você(s) tem outro site “guide” de algum outro super-herói.
    Muito Obrigado.

  6. Pingback: ENTENDENDO: Crise Infinita | Batman Guide

  7. Pingback: ENTENDENDO: Crise Final | Batman Guide

  8. Olá Jéssica, gostaria de lhe agradecer muito por todo esse empenho de escrever pra nós. Sinceramente, não achei nenhum conteúdo tão bom na internet, valeu mesmo, está me ajudando muito a entender esse universo melhor!!!

  9. Acompanho a Marvel desde criança, e a abandonei tem uns bons anos. Cerca de 1 ou 2 anos comecei a ler a DC, e estou gostando muito do que ja li. Hoje mesmo acabei Amanhacer Esmeralda II, e fiquei curioso pela historia da Crise. Muito boa sua resenha, irei visitar teu blog mais vezes!

    Abraço

  10. Republicou isso em Blog do Rogerinhoe comentado:
    Crise Nas Infinitas Terras 1985 – Análise das HQ´s
    Uma onda gigante anti matéria promete varrer o universo inteiro começando pelo planeta do Sindicato do Crime. A anti matéria é o fluido primitivo que desintegra tudo por onde passa como um buraco negro só deixando a consciência do ser atingido.Para impedir o caos total a divindade chamada Monitor recruta sua assistente a Precursora para escolher os melhores heróis do Multiverso e de todas as eras. A Anti-Matéria ou Fluido Universal é a matéria primitiva do universo que surpreendeu até os conhecimentos científicos avessadíssimos dos antes imortais Guardiões do Universo. Contrariando a origem do Universo DC, pela lógica a Anti-Matéria teria que existir para gerar a energia necessária para então criar nosso Universo feito de matéria positiva

  11. Pingback: #102 – Lanterna Verde: Eclipse Esmeralda | Batman Guide

  12. Pingback: #102 – Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda | Batman Guide

  13. Pingback: #103 – Flash: Renascido | Batman Guide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s