#49 – Batman: Filho Pródigo

“Eu sou o Batman, mas o Batman não sou eu. Dick Grayson, Robin, Asa Noturna, Batman… Todos diferentes, mas nem tanto. A pele de Robin agora é usada por outro… E ser Batman é só temporário. Talvez mais um mês, talvez mais uma noite. Mas só leva um segundo para perder tudo… E é preciso coragem para usar um morcego sobre seu coração.”

Olá!
Dando prosseguimento à cronologia regular de Batman, os eventos da HQ de hoje se passam imediatamente após “A Queda do Morcego”. Batman precisa deixar a cidade novamente, e dessa vez, seu lugar será ocupado por Dick Grayson. Espero que você goste de “Batman: Filho Pródigo” (Batman, Prodigal, 1994).

Line

O título se refere à famosa parábola bíblica do Filho Pródigo, que disserta sobre um filho que retorna à casa de seu pai após uma vida dedicada à prazeres mundanos. Você pode lê-la clicando aqui.

002A premissa inicial de roteiro é a seguinte: Depois de ter retirado de Azrael o manto de Batman (lembrando novamente: Os eventos de “Filho Pródigo” são sucessores aos eventos de “Queda de Morcego”, então caso você não se lembre de algum detalhe, dê uma olhada no post), Bruce Wayne precisa deixar Gotham novamente. E a única pessoa que pode substituí-lo é Dick Grayson, o Asa Noturna.
Dick Grayson foi o primeiro “filho” de Batman, isto é, o primeiro Robin. Mas quando Batman precisou de um substituto, depois de ter a coluna quebrada, ele não foi convocado. A relação entre ambos não era das melhores, e um dos responsáveis por melhorá-la foi o jovem e esperto Tim Drake. É notável que ele está se transformando em um homem realmente responsável e inteligente.
001E uma das coisas mais interessantes sobre “Filho Pródigo” é a relação estabelecida entre Dick Grayson e Tim Drake, em como atuam juntos combatendo o crime em Gotham. Parecem dois irmãos, unidos e em sincronia, uma sincronia que nunca seria possível entre Wayne e Drake devido ao caráter de “pai” que Wayne assume.
A trajetória de Grayson nos mostra que, em certo momento, ele não pode mais se subordinar a Batman. Ambos divergiam muito, e tinham personaldiades fortes demais. Assim, Dick decidiu seguir carreira-solo como Asa Noturna – e assim desenvolver seu próprio método, suas próprias maneiras de combater o crime e consequentemente seus próprios erros. Algumas coisas entre eles ficaram pendentes desde então. Mas nessa ausência de Wayne, ele era o único que podia proteger Gotham adequadamente.

003A caracterização de Dick Grayson é muito diferente daquela desempenhada por Bruce Wayne. Ele se torna um Batman mais benevolente, menos impulsivo, menos autoritário com o jovem Tim Drake, mais equilibrado. Mas isso também implica um Batman menos enérgico, menos “justiceiro”, menos forte e completo.
E os desafios começam logo cedo. Eles precisam enfrentar vários vilões: Crocodilo, Scarface. e… Duas-Caras foge da prisão e ameaça a cidade, juntamente de seus capangas. Como sabemos, o Duas-Caras é obcecado pelo fato de que o sistema penal de Gotham não funciona como deveria, então ele decide mudá-lo sozinho, e segundo suas próprias regras, mudando as penalidades dos presos de Blackgate e misturando os arquivos sobre os criminosos. Ele cria o caos.
004É importante saber que, nessa e em outras grandes sagas do Morcego, não são os mesmos artistas responsáveis pela arte de todo o arco. Isso significa que de edição para edição podem ocorrer mudanças estílisticas, na coloração, nos logotipos, nas letras, enfim. Mas de maneira geral, a arte é o que se espera de uma grande saga: clássica, simples de entender, sem muitos floreios ou inovações. É o que se espera de uma HQ de Batman.
007O grande trunfo desta HQ é lançar uma luz à um personagem tão relevante como Dick Grayson, e vislumbrar como seria se Batman não fosse Bruce Wayne. Costuma-se dizer que essa é uma das histórias mais significativas para a cronologia de Grayson, e de fato, é realmente um marco. Sua aparição em “A Queda do Morcego” foi modesta e não fez justiça à grandeza de seu personagem. Então, “Filho Pródigo” é uma compensação mais do que justa. Além de ser uma ótima história, claro.

LineDown

Originalmente, eram 13 edições, mas eu compilei num link só para vocês. Eu pessoalmente acho melhor baixar num link só do que baixar as 13 edições, uma por uma. O que vocês acham?
Boa leitura!

CoverDownload no MEGA – Batman: Filho Pródigo

 

Anúncios

  1. Valeu por esse arco! Aliás, é muito melhor baixar apenas um link, do que ter que ficar baixando vários, sem falar que é muito melhor para ler e guardar o arquivo também. Valeu mesmo.

  2. Eu sabia da existência da saga, sabia por alto o que acontecia, mas ler eu não li. Quem gostar dessa saga vai adorar uma fase futura onde novamente o Bruce fica ausente e o Grayson reassume o cargo de Batman. Exploraram mil vezes mais a situação “sem Bruce”.

  3. Em primeiro lugar, parabéns pelo blog. Eu como colecionador (Quase 1000 gibis…rs…Entre Marvel e DC) vejo aqui uma excelente fonte de informação para novos e antigos leitores do universo do Batman.
    Meu personagem preferido do Universo do morcego é o Dick Grayson/Asa Noturna.

    “Eu sou o Batman, mas o Batman não sou eu.

    Isso define bem Dick Grayson.
    É um personagem de grande destaque: foi o primeiro sidekick, líder dos Titãs em quase todas as formações da equipe, substituto de Bruce algumas vezes, desenvolveu uma identidade para sair da “sombra do morcego”, não morreu em crise infinita por pressão dos fãs…Enfim.

    Na época dele como Batman, não o vi como um Batman “menos forte e completo”, e sim como um Batman diferente.

    Bruce Wayne é o Batman…Dick sempre foi relutante em assumir o manto do morcego (ver saga “A batalha pelo manto”)…Dick sempre disse que Bruce pode ter um sucessor, nunca um substituto.

    Bruce é excelente como Batman, assim como Dick é excelente como Asa Noturna.

    Quem leu memoráveis sagas como “Contrato de Judas”, “Sociedade Gnu – Caça aos Titãs” sabe a importância do personagem…Outras em que ele aparece com destaque já foram até mencionadas aqui.

    Precisando de alguma ajuda com informações, e se eu puder ajudar (e souber…rs) pode entrar em contato.

    Parabéns pelo blog (de novo..rs) e continue mantendo esse nível nas postagens.

    Os fãs do Homem-Morcego agradecem.

    • Oi Roberto! Que bom ler seu comentário.
      Fico feliz que alguém que entenda tanto do Grayson tenha gostado do meu texto, é sinal de que consegui transmitir pelo menos um pouco da essência do personagem 😀 Ele é um dos meus preferidos. Perfeccionista, preciso, exato, talentoso.
      A saga “Batalha pelo Manto” logo aparecerá aqui no Batman Guide. Além disso, o Augusto também publicará um Especial sobre o Asa Noturna, cheio de informações adicionais sobre esse personagem tão importante. Conto com sua visita quando o post for lançado! 😉

      Um beijão e obrigada pelo comentário!

  4. Pingback: #78 – Batman: Batalha pelo Manto | Batman Guide

  5. Olá Jéssica, eu vi que nessa saga do filho prodigo, tem muitas referencias a o mais recente Robin, tim drake, e vi que dentro dessa HQ tem umas dele, so dele, e eu queria saber onde achar essas HQs. Eu tennho do numero 148 até o final, quando ele vira red robin, mais eu queria muito as outras. Ja procurei, joguei na net de inúmeras maneiras mas nada de encontrar. Poor Favor, me ajude.

    Mais uma coisa, queria saber sua opiniao a respeito do Tim. Eu goto muito dele! Me identifico com ele, pelo modo em que ele veio a se tornar robin. vlw

  6. Exatamente Jéssica, queria as mensais do Robin, se tiver. Como eu disse eu tenho algumas delas, mas queria encontrar os números iniciais. Já procurei e nao achei.

  7. Pingback: #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s