#51 – Batman: Terremoto

“O homem já andou na lua. Ele constrói cidades… Explora o oceano… E planta no deserto. Mas quando a natureza se volta contra ele… Quando placas tectônicas se chocam e a terra se move…
Só lhe resta sofrer.”

Olá!
A HQ de hoje é uma daquelas grandes sagas envolvendo inúmeros personagens. Talvez você não goste porque elas são mais extensas do que one-shots ou minisséries, ou seja, são maiores para ler e exigem um certo conhecimento prévio dos personagens. Mas ainda assim, esse tipo de saga traz eventos que vão repercutir na cronologia por um bom tempo.
Além disso, essa história é o prelúdio para um arco MUITO importante, do qual eu e o Augusto falaremos em breve aqui no Batman Guide.

Explicações dadas, vamos à HQ de hoje, que é “Batman – Terremoto” (Batman: Cataclysm, 1998!)

Line

001Um terremoto de magnitude 7.6 na escala Richter atinge Gotham. Apesar de tentar avisar com antecedência, a sismóloga Dra. Relazzo não consegue estabelecer contato com Batman, e também Oráculo perde a conexão que tinha com a Batcaverna. Ela está em ruínas, bem como a Mansão Wayne – com Batman e Alfred lá dentro. Batman consegue escapar do meio dos destroços, e promete à Alfred que buscará ajuda. O Comissário Gordon é encontrado em meio às ruinas de Gotham.
Eu gostaria de chamar atenção para o texto no momento em que a Batcaverna e a Mansão Wayne estão sendo atingidas pelo terremoto. Acompanhado por uma arte que eu considerei primorosa, é uma narração muito bem-feita. Na verdade, toda a descrição do momento do terremoto é belíssima, mas colocarei só um trecho. Acompanhe.

“Um rugido infernal toma a caverna. O chão se move, e toneladas de pedras estremecem violentamente. Os computadores se recolhem automaticamente, protegidos por cilindros de kevlar. Ele pensa na segurança dos outros… Como a mansão terá sido afetada? Então, o mundo parece implodir. A mansão Wayne está a penas um quilômetro do epicentro do abalo. Seus tijolos racham sobre a pressão intolerável gerada pelo solo. Por fim, ela cai no abismo.
Estalagmites milenares se quebram como vidro, afundando no chão da caverna. O túnel de saída está intacto, mas o Batmóvel… Agora a única saída é pela passagem para a casa dos Drak. A passagem de Robin. Mas até ela se fecha. Um lençol subterrâneo invade o lugar com a força de um tsunami… Carregando um herói indefeso.”

004Quando Bruce Wayne sai da Batcaverna, constata que os prédios de que é dono aparentemente não haviam sofrido dano, devido à tecnologia anti-sísmica  que absorvia impactos de até 8.5. Após avaliar a situação, volta à Batcaverna para salvar Alfred.
As notícias já estão sendo veiculadas nos meios de comunicação, e chegam aos ouvidos de Dick Grayson.
Ele chega a Gotham pelo porto para verificar como o antigo parceiro estava.

002E também ajuda as vítimas do terremoto que Gotham sofreu (a cena do resgate de um criança realizado por Asa Noturna é comovente). O caos estava definitivamente instaurado na cidade; incontáveis vítimas estavam soterradas, pontes caídas isolavam trechos impossibilitando a chegada de resgate, a cidade está sem energia, a distribuição de água é insuficiente, há postes caídos nas ruas, carros amassados com latarias torcidas, fendas se abrem repentinamente nos espaços deixados pelo movimento das placas tectônicas, incêndios se espalham por toda a cidade…
Gotham está destruída.

007Pouco antes do terremoto, Bane estava sendo conduzido de avião a Gotham, para ser enclausurado na prisão Blackgate. Mas devido às instabilidades do solo no momento do pouso do avião, ele consegue fugir. Azrael corre em seu encalço. Paralelamente, a Caçadora está no metrô de Gotham, enfrentando o pânico de uma população enclausurada no subterrâneo de uma cidade em ruínas. Ao conseguir escapar, encontra os criminosos de Gotham em polvorosa com a situação caótica, se aproveitando da ausência de vigilância dos policiais para fugir impunemente por seus crimes. Mesmo levando um tiro no braço, ela ajuda pessoas soterradas.
003Enquanto isso, Batman está descobrindo uma saída pela qual possa levar Alfred, mas os possíveis caminho para fora da Batcaverna se obstruem rapidamente – sobrando somente um túnel de água cujo fim ninguém pode deduzir.
Mulher-Gato estava começando um assalto quando o terremoto aconteceu. Havia uma criança lá, ela tenta salvá-la, mas… Não consegue. É uma cena tocante. Após constatar o estado geral da sua amada cidade, Selina ajuda a colocar os sobreviventes em segurança e revela algo que não é muito comum em suas histórias: seu lado sensível.
Drake, que envolveu-se numa jornada violenta com Shiva na Europa, chega a Gotham bem no momento em que ela já está devastada.

009O terremoto atinge a prisão Blackgate. E “Wayne não é dono de Blackgate. A prisão não foi feita para suportar terremotos, fortes ou não”. Apenas uma cela se abre: a de um condenado à prisão por mortes brutais. Contudo, logo uma onda de 25 metros varre a baía de Gotham, inundando rapidamente a prisão Blackgate – alguns prisioneiros se afogam, mas outros conseguem se salvar, e começam uma verdadeira cena de horror na prisão, matando os guardas e tomando reféns. Os helicópteros da SWAT são convocados para a contenção, assim como Batman.
005Um momento interessante dessa HQ é quando Batman obriga Pinguim e seus capangas a ajudá-lo a salvar os feridos de Gotham. Toda uma corja de assassinos, ladrões e estupradores estão fazendo algo que nunca fizeram antes: ajudar o próximo. (Mas isso não impede que Pinguim, fora das vistas de Batman, ajude somente aqueles que poderão vir lhe fazer favores futuramente. Há pessoas que simplesmente nunca mudam…)
Há um trecho na HQ em que Ra’s Al Ghul assiste, via satélite, o caos em que Gotham se encontra. Então senta-se e começa a refletir, como se estivesse conversando com Batman. Transcrevi todo esse trecho aqui porque achei muito significativo, acompanhado de uma arte extremamente bem concebida.

“Diga, detetive… Você vê o que eu vejo? Sua cidade o traiu. O concreto e o aço de Gotham mataram mais inocentes do que qualquer interno do Arkham. Quantos morrem? 50 mil? Talvez um milhão? Que ironia! As criações o homem se tornam suas assassinas durante um terremoto. […] A humanidade precisa aprender que nem sempre pode domar a natureza. Eis uma lição que cada cidadão de Gotham aprendeu. […] Fracos e poderosos, ricos e pobres. Todos estamos sujeitos à cruel vontade do meio ambiente.
Essa é a realidade que Bruce Wayne partilha com os cidadãos inferiores que tanto protege. Nem toda a riqueza o afastou do mesmo destino que o povo de Gotham. Veja a casa do pai dele. Até seu santuário foi violado. A terra se abriu e expôs o seu segredo à luz do dia. Como ele pretende consertar isso? E quanto a você, detetive? O campeão de Gotham é forçado a andar nas ruas entre escombros, tentando vencer o invencível.
Não há vilões a esmurrar. Não há Bane ou Coringa. Você não pode dar vazão à sua necessidade infantil de se vingar. Você não pode depender do que sempre confiou. A instabilidade de Gotham tornou inúteis todos os seus truques. Seus esforços são em vão.
Ainda assim, você continua a perseguir o que considera o inimigo. Você espera derrubar um oponente intocável. Por fim, você encontrou algo em que não pode aplicar suas percepções ingênuas de bem e mal. Mesmo com tantos desafios, você prossegue em sua guerra santa, mas não pode salvar Gotham desta vez. Eu pergunto, detetive… Quem é o louco agora?
Não importa… A sua obsessão cega não vai mudar a conclusão inevitável: Gotham não pode ser reconstruída. Ela será abandonada e consumida pela vegetação, erosão e decadência. Tente enxergar além dos seus interesses locais. Veja o mundo. Talvez agora você assuma seu devido lugar ao meu lado. Talvez aceite a verdade. A guerra acabou. Sua cidade não precisa mais de proteção. Gotham caiu.”

RasAlGhul

008A Caçadora e a Salteadora (da qual ainda não falei aqui no Batman Guide, mas falarei em breve) prosseguem salvando pessoas e evitando criminosos soltosnos escombros. Um desconhecido chamado Tremor ameaça implodir o pouco que restou de Gotham usando um ativador tectônico, caso ele não receba da cidade a quantia de cem milhões de dólares. Esse ativador causaria na cidade um tremor de magnitude 9 na escala Richter.

010Ele sequestrou a Dra. Jolene Relazzo. E Batman segue em seu encalço, para descobrir quem é o homem por trás dessa perigosa ameaça.
E… Para encerrar esse cenário totalmente destruído e perigoso… As paredes do Arkham são destruídas. E todos os criminosos mentalmente incapacitados estão à soltas em uma cidade caindo aos pedaços. O que vai acontecer com Gotham agora?

Para encerrar essa resenha um pouco comprida (mas a HQ merece, vai!), existem alguns pontos que eu gostaria de comentar.

1. Há parte em que mercenários são contratados para ajudar a resgatar pessoas que estavam presas em uma profunda fenda. Lá havia um menininho que acreditava piamente que era Batman quem viria salvá-los. Ao ver que não era Batman, e sim um monte de homens mal-encarados, pergunta ao que parece ser o chefe, cheio de esperanças infantis, se fora Batman que os mandara lá. O chefe confirma (mesmo sem gostar do Homem-Morcego).
Seus outros capangas, que também não gostavam de Batman, perguntam porque ele fizera isso. E ele explica: não destruir os sonhos e a fé dos sobreviventes era uma das cláusulas do contrato. E o contratante dos serviços era o escritório de Bruce Wayne.

BruceWayneCorp

2. Em uma das cenas, a enfermeira Leslie salva Andy, um pequeno garotinho que ficara órfão. Assim como fizera com Bruce Wayne, depois do assassinato de Martha e Thomas Wayne. É uma cena extremamente tocante.

Leslie

3. Para quem aprecia mais o elemento visual de uma história, “Terremoto” será uma excelente leitura. Há grandes e complexos quadros em que se visualiza a situação deteriorada da cidade, tornando-a uma história que vale a pena de possuir em versão física em casa.

Quadro001

Quadro002

Quadro003

Quadro004

4. Essa é uma daquelas HQs em que praticamente todos os personagens aparecem. Eu considero extremamente interessante a forma com a qual cada um deles lida com a situação do Terremoto. É um dos pontos fortes da história.

Bom, então é isso! Espero que vocês gostem da história! Originalmente ela é composta de 18 edições, mas eu coloquei todas em um link só na ordem certinha.
Boa leitura!


CoverDownload no MEGA – Batman: Terremoto

Anúncios

  1. O que dizer… magnífico. A história, a temática, (quase) os desenhos, e o post.

    Acho inclusive que falta nas histórias mais eventos do gênero, coisas que saem totalmente do controle dos heróis, coisas que acontecem no mundo normalmente, terremotos, tsunamis, queda de meteoros agora (só faltava isso). Seria muito interessante ver uma nova versão desse roteiro, com algum outro evento. Um furacão que fosse.

    Uma pena que nas histórias pós-reboot (Novos 52) esse terremoto pelo visto não aconteceu.

  2. Pingback: #53 – Batman: Caminho Para Terra de Ninguém | Batman Guide

  3. Pingback: #54 – Batman: Terra de Ninguém | Batman Guide

  4. Cara eu não sei se o link tá funcionando, ainda não testei… e se não funcionar não tem problema…a anos procuro Terremoto pra baixar e especialmente comprar. Na última Fest Comix comprei toda Terra de Ninguém (as 23 ou 24 HQs da linha premium da Abril) paguei 150 dilmas quase sem pestenejar e digo que não me arrependo estou lendo aos poucos…

    Mas esses momentos que você citou do Terremoto são muito bons, sem contar que quando o Batman obriga o Pinguim a ajudá-lo (não sei se é no Terremoto ou na TDN) o Pinguim pergunta “por que eu faria isso?”. Batman responde, “não esqueça que estamos sob lei marcial, e as regras mudam (até mesmo as minhas regras), se você não me ajudar, eu não vou descansar até fazer da sua vida um inferno”. O pinguim enfia o rabinho entre as pernas e fala, “o que você precisa mesmo?”.

    Por mim essa saga junto com TdN podiam ser o final da carreira do morcego, digamos ele já serviu ao maior propósito da sua vida, proteger e reerguer Gotham. Daria uma bela série animada só focado nesses eventos.

    Bom vou nessa, excelente post.

    • Olá Renver,
      Fico muito agradecida pelo seu comentário, gosto muito de receber comentários longos e construtivos assim 😀
      O trecho que você citou é da saga Terremoto mesmo. Bem interessante ver como o Pinguim fica coagido né?

      Obrigada pela sua participação!

  5. Pingback: Feliz 2014! | Batman Guide

  6. Pingback: #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide

  7. Pingback: RESULTADO do Aniversário de 3 anos do Batman Guide – Sorteios e Quizz de Batman! | Batman Guide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s