ENTENDENDO: Crise Infinita

Normalmente chamamos de “Crise” um período ruim de nossas vida. Na DC não é diferente. By the way, a obra se chama “Crise Infinita”. A saga monstro foi lançada de 2005 à 2006, e saiu toda da cabeça do Geoff Johns. Impossível um leitor da DC não conhecer o cara, ele tem uma carreira longuíssima, tendo sido roteirista por séculos nas histórias do Flash, da Sociedade da Justiça, Jovens Titãs, Lanterna Verde e alguns outros. Talvez seja esse background com tanto conhecimento a fundo de tantos heróis que o permita criar sagas como essa, e como a “Noite Mais Densa” (uma saga alguns anos a frente essa).

Explicar isso não é como explicar o evento “Terra de Ninguém”, onde o cenário é apenas Gotham, e os personagens são os mesmos que aparecem quase sempre. A Crise Infinita mexe não só com UMA cidade, nem só com UM planeta, nem só com UM universo. São vários universos, cada um com seus personagens, cada um do seu jeito, e fora isso mistura personagens de praticamente todas as séries da DC, tanto Lanterna Verde quanto Mulher Maravilha, Superman, e diversos outros, dentre eles o Batman, claro.
Então infelizmente não poderei lhes fazer O SENHOR DOS TEXTOS explicando perfeitamente todos os detalhes da Crise Infinita, nem tudo que se passa com cada personagem, nem entrar com uma biografia autografada de cada herói/vilão que dá as caras na trama. A intenção do texto é fazer um mega-resumo da Crise Infinita e dizer como isso afetou o “mundo morcego”.

Nota: não confundir com “A Crise nas Infinitas Terras“.

LINE L-001 (6)
A Crise Infinita foi a penúltima das crises da DC (até agora), a última foi a “Crise Final”, cujo o nome sugere ter sido a última, e assim eu espero. Tentarei me ater a falar apenas da Crise Infinita, que já é confusa demais por si só.
A história consiste em Superman da Earth 2 (Kal-L), Superman da Earth-Prime (posteriormente conhecido como Superboy Prime), Luthor Jr. da Earth 3 e Lois Lane Kent da Earth 2.
Pra quem não sabe, Earth 2, Earth 3, Earth-Prime e locais do gênero são outros planetas Terra, de universos diferentes. A teoria do multiverso (até apresentada no filme “The One” do Jet Li) é de que existem vários universos, e cada universo é uma cópia aproximada do outro, com os mesmos lugares e mesmas pessoas, só que com histórias diferentes, exercendo papéis diferentes e etc. É como fazer vários filmes com o mesmo elenco e o mesmo cenário, só que com roteiro diferente.
Essa história não é uma saga em especial das revistas do Batman, na verdade você sequer perceberia que o morcego entrou no roteiro da tal Crise se apenas lesse a série mensal do morcego. Saberia que ela sofreu alguma mudança aqui ou ali, mas só.
Essa saga foi pro papel de 2005 à 2006, começando pouco depois da época do retorno do Jason Todd (o segundo Robin, morto pelo Coringa na saga “Uma Morte em Família” nos anos 80), retorno esse arquitetado pelo roteirista Judd Winick (que só voltará a dar as caras em um roteiro de Batman por alguns números após a Crise Final e na série da Mulher Gato após o reboot).

L-001 (2)L-001 (13)Antes da “Crise Infinita” em si rolou a “Countdown to Infinite Crises“, algo como “Contagem Regressiva para a Crise Infinta“. Nessa “contagem regressiva”, temos participação direta do grupo Checkmate, liderado por Max Lord, grupo este do qual a Sasha Bordeaux (das sagas “Assassino?/Fugitivo“) faz parte.

Max Lord não é bem um “sujeito legal”, mas pelo menos não encontramos ele fazendo quadradinho de 8 no Youtube. O cara é o responsável por colocar um monte de OMACs pra perseguir super heróis pelo mundo inteiro. OMAC pra quem não sabe é abreviação de “Omni Mind And Community”, são robôs com as habilidades de superheróis, tipo visão de calor do Superman e etc.
Acham que um sujeito assim fica simplesmente circulando por aí e pondo robôs assassinos atrás dos heróis? Não é moleza assim. Por fatores x e y que são complexos, a Mulher Maravilha mata o cidadão. É, o voto de não-matar rodou.
Ainda nessa parte da história, surge a Sociedade Secreta de Super Vilões. Formada pelo velho carecão do Luthor (Lex Luthor, o inimigo do Superman), Deathstroke (o galã da terceira idade aka Mercenário), o Adão Negro (Teth-Adam, uma versão dark do Shazam, que ao invés de ganhar os poderes do Shazam, ganha de 6 deuses egípcios, negócio é death metal), Dr. Psycho (telepata inimigo nas histórias da Mulher Maravilha), Talia Al Ghul (filha do imortal Ra’s Al Ghul, mãe do filho biológico de Bruce Wayne) e o Calculator (vilãozinho de segunda em termos de ser bacana, apesar de terem sidos precisos vários heróis juntos pra derrotá-lo), este último ainda recrutou o Mr. Freeze pra tal sociedade. Só pra não fazer confusão: Todos esses vilões são da Earth 1, a dimensão que nós conhecemos.
Neste ponto já podemos começar a “Crise Infinita”.
L-001 (12)Aqueles nomes que citei das demais “Earths”, ao fim do “Crise nas Infinitas Terras” vão para a dimensão que corresponde ao paraíso, só que os caras não querem ficar lá. Um lugar cristalino sem as emoções fortes e tal… Pior ainda pro Superboy-Prime, que desejava voltar a ser um herói e salvar vidas.
E querendo sair de lá de qualquer jeito, entra o método Morrison de solucionar as coisas: inventar. Superboy dá um soco na realidade. Um SOCO NA REALIDADE.
Vocês que começaram a ler HQs há poucos anos talvez não saibam, mas na época do soco na realidade isso foi um absurdo tão ridículo que entre a galera fã de quadrinhos isso virou piada. “Tá com algum problema? Dá um SOCO NA REALIDADE”. Claro que tinha que virar piada, olha que MERDA de idéia os caras arrumaram. Se ele desse um jeito de enfiarem o Flash na história e ele usasse algum poder absurdo ligado a força de aceleração… Sei lá, podia fazer um background melhor pra essa história de cruzar as dimensões. Um SOCO? Putz…
O Luthor Jr. é malandrão, ele deu mais poderes ao Superboy-Prime, roubou o controle do “Brother Eye”, que é tipo um mecanismo de vigia feito pelo próprio Morcego após a história em que Zatanna apaga a memória de todo mundo pra impedirem o Batman de descobrir os podres que o Dr. Light aprontou. Em resumo: o negócio observa a tudo.
Não satisfeito ele ainda monta uma nova sociedade de vilões, pega o Caçador de Marte como refém, recupera o corpo do Anti-Monitor e dá inicio a uma guerra entre Rann e Thanagar.
“Puxa o freio, mano. Quem é Rann e Thanagar? E quem diabos é o anti-monitor? É algum aluno que odeia o monitor do colégio?”. Devagar e sempre, vamos lá. Rann e Thanagar não são pessoas, são LUGARES. São planetas. L-001 (19)Rann fica em Alfa Centauro, e Thanagar em Polaris. O Luthor Jr. e o Superboy-Prime empurraram Rann (sim, eles empurraram o planeta) pra Polaris, e a entrada do astro em Polaris causou uns efeitos geológicos bizarros em Thanagar, o que levou os planetas a entrarem em guerra. Thanagar é cenário pra algumas aventuras do Hawkman, ou Gavião Negro, o maluco com máscara e asas de pássaro.
E o Anti-monitor… bom, isso é mais “existencial”. No universo, a coisa mais antiga de que se tem registro, é o Monitor e sua contra-parte, o Anti-monitor. O Monitor tem poderes de gerar vida, ou desfazer as ações do Anti-Monitor, que por sua vez controla a anti-matéria, e simplesmente desintegra as coisas e etc. Um lance bem “origens do universo”. Eles entraram numa guerra de milhões de anos, guerra esta que terminou em empate com ambos desacordados. Então o Luthor Jr. pegou o corpo do anti-monitor uns 9 bilhões de anos depois do knockout.
L-001 (11)Já tá bom de problemas? Não. O Espectro, que vocês devem conhecer de velhas histórias do Lanterna Verde, a entidade super poderosa que por algum tempo era tipo “mesma pessoa” que Hal Jordan, isso lá atrás quando Hal Jordan havia morrido, não agora. Nesse caso o Espectro era o Espectro puro, e ele foi designado a acabar com todos usuários de mágica ou poderes mágicos pelo mundo, como por exemplo a Zatanna. Isso enquanto os OMACs estavam atrás dos que tinham super poderes independentes de mágica. Tecnicamente, todos heróis da Terra estavam numa roubada fenomenal.

Um grupo chamado de “Freedom Fighters” foi exterminado pela Sociedade de Vilões. Esse grupo é de uma dimensão onde os nazistas venceram a guerra e eles lutam contra a tirania e opressão. Eles foram parar ali graças ao “soco na realidade”.
O lugar escolhido pra servir de base contra a crise foi o “New Chronus”, um planeta que serve de residência para deuses, e também pra Donna Troy, a falecida Wondergirl, ou Moça Maravilha, ou Tróia, ou Darkstar (…). Ela vivia lá porque foi levada pelos “Deuses” no momento em que ia morrer nas mãos do Superman Andróide, que acreditavam que ela seria a pessoa que os salvaria num determinado momento. Apagaram a memória dela, implantaram algumas falsas e lá estava ela vivendo como esposa de um deles sem saber de nada sobre sua real vida.
L-001 (9)Também ocorre uma batalha entre as amazonas de Themyscira (lar da Mulher Maravilha e Donna Troy) contra os OMACs, e a Sociedade Secreta dos Super Vilões ainda joga o Chemo em cima de Blüdhaven, cidade onde Dick Grayson resolveu ficar para proteger como se fosse sua Gotham. Isso só pra distrair os heróis. O Chemo pra quem não sabe é um vilão que tem habilidade de causar um efeito de uma explosão de bomba atômica. Superman da Earth 2 queria fazer de sua dimensão a “oficial”… Coringa tentou entrar pra sociedade e não conseguiu… Faz jus ao nome “Crise Infinita”, os problemas nunca acabam.


Jay Garrick, Flash (Wally West) e Kid Flash (Bart Allen) tentaram prender o Superboy-Prime na força de aceleração, contando com ajuda dos velocistas que já residiam definitivamente por lá, Barry Allen, Max Mercury e Johnny Quick, eles até conseguiram prender o Superboy-Prime lá, mas posteriormente ele saiu usando uma armadura semelhante a do Anti-Monitor, uma armadura que tem um efeito semelhante ao sol, emitindo a mesma energia diretamente pro corpo do Superboy-Prime. E sabem como kryptoniano é, adora um solzinho. O poder dos caras vem disso então… Ele conseguiu meios de sair de lá.
L-001 (8)Esse Superman da Earth 2 foi encontrar o Batman e tentar convencê-lo de que fazer a Earth 2 a oficial seria bom negócio. O argumento foi covarde, lá é uma dimensão onde ele poderia ter família. Sujeira do azulão da outra dimensão, mas o Batman pergunta se o Robin da Earth 2 é melhor que o Dick Grayson, e o Superman diz que NÃO. É, meus camaradas, com Dick Grayson não tem pra ninguém, nem pra ele mesmo.

Mas falando em não ter pra ninguém, nesse papo do morcego com o Superman da E2 (haja saco, cansei de escrever Earth 2) o Batman puxa a kryptonita e grita “paraí neguinho, que eu tô armado!”, zuera, e mesmo que tivesse sido isso, a kryptonita era da Earth 1 e não funciona nos kryptonianos da Earth 2.
S - 001 (9)

Eis um RARO detalhe que o Batman não esperava. Se ele fosse sair no tapa com esse Superman E2 ia dar bode pro Batman.
Luthor Jr. faz com que o poder do Adão Negro abasteça a torre.
Superman E2 volta pro seu planeta, em sua dimensão, enfrente ao “Daily Star”, o “Daily Planet” de sua dimensão. Lois volta com ele, claro. Imaginem um Superman sem Lois… Imaginaram? Quem não conseguiu pode ver neste momento. Lois acaba morrendo por ter se enfraquecido depois de todas viagens.
L-001 (10)Ele dá um berro que quebrou tudo de vidro e depois tudo de concreto de uma parte da Metrópolis 2, mas o grito não parou por ai, ele passou pelas dimensões e foi ouvido pelo Superman da nossa terra. O cabra azul se empirulita pra Earth 2 e saber o que ouve. Fofoqueiro, parece velha ouvindo barulho na rua, corre logo pra janela. O encontro dos Supermen rendeu um saracutaco lendário, os dois lutaram pela Metropolis 2, destruindo a porcaria toda, e a luta só parou porque a Mulher Maravilha incorporou a turma do “deixa disso” e os impediu.
Quem acaba com essa grande rodada de problemas é o Superboy da Earth 1 (Conner Kent), que se atira com o Superboy-Prime na torre do Luthor Jr., a base da confusão toda, onde estava o corpo do Anti-Monitor, o lance de dimensões e tal… E tudo vai pelo ralo abaixo.

S - 001 (12)

Batman, Superman e Mulher Maravilha chegam atrasados, e só podem ver o Superboy morrer. Só pra detonar a torre, pois o Prime não morreu.
“Opa, fim da Crise Infinita, vamos arrumar nossos panos de bunda e ir pra casa jogar video-game”. Não, senhores. A Sociedade dos Super Vilões ainda tinha um movimento a mais. Coordenaram uma fuga em massa de todos presídios do mundo.
Quando rola breakdown no Asilo Arkham já é um pandemônio, imaginem no MUNDO inteiro. Bane quebrou a coluna de um tal de Judomaster no meio (Bruce deve ter sentido uma leve coceira nas costas). Problemas suficientes? NÃO, ainda soltaram o Doomsday  (Apocalypse) do centro da terra, mas esse foi contido pelo Superman da Earth 2.L-001 (3)
Finalmente as coisas começam a virar pro lado dos heróis, eles fazem um verdadeiro ataque soviético, derrotam o Luthor Jr. que se enfraqueceu, causam várias perdas na sociedade dos super vilões… E por fim a única dor de cabeça que o Doril não conseguiu eliminar foi o Superboy-Prime.
L-001 (14)Este descobriu que não podia restaurar sua Earth Prime, e qual foi a solução que o gênio teve? Ir para Oa (planeta base da Tropa dos Lanternas Verdes) e absorver o poder da bateria central dos Lanternas, e causar um Big Bang segundo suas vontades. Esse Superboy-Prime é um baita de um arruaceiro super poderoso. Primeiro o cara mete um soco na realidade, depois escapa da Força de Aceleração, agora quer fazer um Big Bang com a bateria central dos Lanternas Verdes. Daqui a pouco ele vai tentar tirar as regalias da familia Sarney no Brasil, mas é claro que isso é outro nível de dificuldade. Out of league, seria preciso uns 5 Primes pra isso, e uns bons advogados.
O Superman da E2 alcança o Superboy-Prime e tentá pará-lo, mas este então em um piscar de olhos fica anos luz a frente de todos que o seguiam, tamanha sua velocidade. Hal Jordan avisa ao Guy Gardner (outro Lanterna verde bem famoso, que também já fez parte da Liga da Justiça) para mobilizar a Tropa dos Lanternas Verdes, e eles criam um muro de contenção de pura força de vontade (energia combustível dos Lanternas Verdes) conseguindo assim diminuir a velocidade do Superboy-Prime, permitindo então que os dois Supermen, o da E1 e E2, o alcançassem.
L-001 (5)
Uma vez que os 3 estavam juntos, eles levam o Prime para os restos de Krypton diante do sol vermelho Rao, o que destrói a armadura do Prime, mas isso não o “atrapalha” muito, tanto que o Prime mata o Superman da E2. Ele tentou matar também o Superman que conhecemos na intenção de se tornar o Superman oficial no lugar dele, mas o Superman E1 arranca o S do peito do Prime e diz “Tira esse S do peito que você não é Superman’, você é moleque!”. Another joke. Ele diz que ele nunca entenderá o que aquele símbolo representa ou coisa do gênero.

L-001 (7)Se essa cena não tivesse ficado clara, teríamos várias hipóteses pra essa atitude do Superman E1. O “S” no peito dele tem vários significados. Alguns dizem que é só “símbolo do Superman”, alguns dizem que é o simbolo da “Casa de El”, a família do Superman, o nome dele é Kal-El pra quem não sabe, o pai é o Jor-El, a prima (Supergirl) é Kara Zor-El, dai por diante. Enfim… Já que entrei nos pormenores da história do Superman, vou dar uma breve explicação do que se trata o “Sol vermelho” (até porque a é super bacana).

Os kryptonianos lá em Krypton eram pessoas normais, como os humanos aqui, o que dá poder aos kryptonianos é a luz de algum sol amarelo, coisa que eles lá não tinham. O sol é vermelho, e se chama “Rao”.
L-001 (1)Rao também é nome do deus do sol das lendas de Krypton, ou personificação do sol na Terra… Algo bem a nível da nossa mitologia do Egito, do deus sol caminhar entre os homens, o sol ser aquele que dá vida, o disco solar “Aten” dos egípcios e etc.
Esse sol vermelho não se trata apenas de um “não te dou poder nenhum”, os kryptonianos energizados em sol amarelo que ficam com super poderes, se chegarem perto desse sol vermelho PERDEM os poderes. Essa proximidade que detonou a armadura do Prime, pois esta energizava como um sol amarelo, e o sol vermelho “drena”  isso.
A briga termina no planeta Mogo, Superman E1 detona o Superboy-Prime, e a Tropa dos Lanternas Verdes prendem o Prime. O deixando em uma caixa com energia irradiada da bateria central dos Lanternas Verdes, e essa caixa fica próxima a um pequeno Sol Vermelho, e fica vigiada por 50 lanternas verdes o tempo inteiro.
Posteriormente nas histórias da Tropa Sinestro, Superboy Prime é liberto e passa a fazer parte da Tropa do Sinestro.

L-001 (18)Querem saber do Luthor Jr.? Lembram que o Coringa quis entrar na roda e não deixaram? Pois é, o palhaço é vingativo. Eletrocutou o Luthor Jr., e o Luthor oficial da E1 deu um tiro na cabeça do Luthor Jr. da outra dimensão.
Os heróis tiveram que dar um tempo diante de toda essa confusão, refletir… E essa foi a Crise Infinita.

Isso tudo para responder a pergunta: Como isso influenciou o universo Morcego? Acho que um dos pontos principais foi a destruição de Bludhaven e a morte do Conner que resultou na mudança de uniforme do Robin (Tim Drake), mudando do lendário verde-vermelho-amarelo que foram as cores de Dick, Jason e Steph, para vermelho e preto, que são as cores da blusa do falecido Superboy.
Essas Crises apesar de serem hiper complexas, envolverem tantas pessoas e lugares… Muitas vezes não influenciam tanto diretamente nas histórias do Morcego. Pra terem ideia, é capaz de algum leitor desavisado ler todas revistas do Batman e não sentir falta de informações mais específicas sobre as crises, pois a própria série mensal fornece as informações suficientes pra pessoa entender o que se passou e continuarem a ler só aquela revista mesmo.
Claro, no caso das histórias do Asa Noturna, saberíamos apenas que o Chemo foi largado em Bludhaven por um grupo chamado “Sociedade Secreta dos Super Vilões”, que o Asa Noturna teve que se virar nos 30, quase morreu e o Batman o salvou. Ponto final. Mas lendo a Crise Infinita sabemos muita coisa além disso.

Depois do evento de “Crise Infinita”, todas as revistas do Universo DC deram um salto de um ano no tempo. Esse “ano perdido” saiu na maxissérie “52 semanas” (52 no original), e os eventos que a sucederam receberam o selo  de “Um Ano Depois”. Cuidado para não confundir com “Os Novos 52”.

Bom, quem tinha curiosidade em saber melhor como foi a Crise Infinita, ai está o texto. Espero ter ficado claro, e espero igualmente não ter esquecido de comentar algo importante.

A seguir, os links para download e uma galeria de imagens.

(Nota da Jéssica)
Pessoal, assunto sério. Eu levei 7 dias para encontrar links válidos para vocês. Cheguei a baixar 1,5 GB de arquivo e ter que descartar porque estava fora de ordem. Não adiantava só trazer uma saga enorme dessas e uma ordem de leitura totalmente errada. Me baseei na checklist do Tropa BR BlogScan, em que constam 225 edições. Clique aqui para baixar a checklist. No link para download no Mega, ficou faltando uma edição que corresponde à 46; vocês podem baixá-la clicando aqui.
Então, os links que vocês terão aqui foram resultado de 7 dias de procura em todos horários livres + duas madrugadas seguidas garimpando as profundezas mais obscuras da internet. Eu e o Augusto nos empenhamos muito nesse post, claro que ele muito mais que eu, porque empregou muito do seu conhecimento e tempo nesse texto extremamente claro – que ele conseguiu fazer em um tempo recorde, como sinal de sua dedicação; mas nós dois nos esforçamos para trazer o material o mais organizado e fácil de entender possível.
Tudo que peço é que leiam o texto do Augusto e que, claro, não deixem de baixar as HQs se gostarem da temática. Para esses links aparecerem aqui bonitinhos e organizados foi preciso muita pesquisa e dedicação 😉

Links corrigidos em 14/11/2013

UPDATE – 09.06.2013
Maxissérie 52 Semanas COMPLETA disponibilizada para download em um único link no MEGA!
Boa leitura!

DownloadDa01

Download_DaParte02
Download_DaParte03

Download da maxissérie “52 Semanas”

52_01

52_0252-03

Download da maxissérie “52 Semanas” COMPLETA

52_Weeks_Cover

Galeria_Imagens

Anúncios

  1. Épico – tanto o texto, quanto a história em si, e ainda mais a disponibilização de toda a saga de modo tão organizado. Melhor site ever. Valeu!

  2. Parabéns Jéssica e Augusto! Excelente texto e o pacote ficou muito bem organizado. Obrigado pela dedicação e por compartilhar conosco. Um forte abraço a ambos!

  3. trabalho digno de uma Oráculo(Jessica) e de um Batman(apaixonado).Imenso post.baixando e correndo pra ler.obrigado por voçês existirem,pois sem voçês nada seria possível!!!

  4. fazia dias meses e anos que eu procurava a saga crise infinita e so achava pedacos e a amaioria estava invalida e melhor do que nunca packs e mais packs adorei seus trabalhos estou gostando cada vez mais do batman guide e eu estou a procura da tangent comics batman ninguem que eu conheca traduziu este sendo uma realidade tangent encontrei o da coringa tangent mas nao se compara espero cada vez mais de voces e totalmente inspirador e voces sao de mais e mesmo que nao traduzo eu estou adorando o batman guide cada vez melhor meus parabens

  5. Oi, Jéssica! Este seu site é demais! Parabéns! Já estou baixando tudo o que vc disponibilizou. Minha primeira vez e já vou fazer um pedido: tem como reupar “Crise nas Infinitas Terras”, pois link está off? Muito obrigado! Mais uma vez, parabéns! Melhor site sobre Batman. Abraços.

  6. Pingback: ESPECIAL: Dia dos Namorados #2 – Bárbara Gordon e Dick Grayson | Batman Guide

  7. Pingback: ENTENDENDO: Crise Final | Batman Guide

  8. Jessica,
    Fantastico todo o seu trabalho.
    Incrivel sua organização e sua paixão pelo Batman.
    Estou baixando estas HQ’s e o primeiro link das revista 01 a 85 não esta dando certo.
    Você poderia me ajudar.

      • Jessica,, tudo bem ?
        Baixei o link 01 a 85 e esta tudo OK, agora.
        Porem o link 52 semanas eu baixo no meu micro e quando uso o .rar ele dá erro e não deixa descompactar. Tentei umas 03 vezes já.
        Tem alguma dica para isto ?
        Desculpa o incomodo novamente.
        Obrigado

  9. Simplesmente o melhor site de HQs que eu já vi. Obrigado mesmo por tanta dedicação. É uma maneira de disseminar uma cultura que ainda está um pouco afastada das novas gerações. Valeu mesmo!

    • Luciana,
      Verifique se seu antivírus não está fazendo a verificação do arquivo baixado. Tente desativá-lo temporariamente para conseguir fazer o download.
      Outra hipótese (que eu acho mais plausível por se tratar de um arquivo pesado) é a sua conexão cair durante o processo de download. Por favor, tente fazer o download novamente, evitando rodar outros aplicativos durante o download.

    • Oi Tiago, tudo bem?
      Querido, o arquivo baixou completo? Não houve queda na sua conexão durante o download? Por favor, verifique isso. Se tiver baixado certinho, vamos à segunda hipótese.
      Esse problema geralmente está associado ao seu anti-vírus, que bloqueia arquivos que ele considere ser suspeitos. Tente desativar seu anti-vírus apenas para fazer a extração dos arquivos (não se esqueça de ativá-lo depois, para ficar seguro). Os arquivos do Batman Guide não tem vírus ou malwares, pois sou eu mesma quem upo todos eles.

      Espero que isso resolva seu problema, Tiago, qualquer coisa retorne aqui que a gente dá um jeito, ok?
      Beijos!

      • Olá, percebi que algumas pessoas tiveram esse problema.
        Eu tentei baixar 4 vezes, utilizando navegadores diferentes, gerenciadores ou não; e todos deram o msm problema citado.
        Mas não se desesperem, aparentemente o que aconteceu foi que o arquivo original era .zip e no entanto este é .rar; ou seja, após terminar de baixar o arquivo renomeie ele (F2) e troque o .rar por .zip. Pelo menos pra mim funcionou. Espero ter ajudado.

  10. Já sei o q aconteceu, eu esperei completar os 100% no Mega e na hora de transferir pro computador veio só uns 200mb. Se ñ der trabalho, vc poderia colocar pelo mediafire ou 4shared? Vlw, o blog é ótimo!
    Abraço!

  11. Olá!
    Estou com o mesmo problema do Tiago ao baixar 52_Semanas. Baixo todo o arquivo mas na hora de extrair meu programa mostra um arquivo dentro do RAR e está corrompido…..
    Existe outro link dessa maxissérie?????
    Valeu!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. Parabéns pelo trabalho! O arquivo das “52 Semanas” está corrompido. Baixei várias vezes e acusa o mesmo erro, os outros estão todos o.k. Poderia fazer o upload novamente? Vejo que outros tiveram o mesmo problema.

  13. Pingback: ENTENDENDO: A Noite mais Densa / O Dia Mais Claro | Batman Guide

  14. Querida Jéssica, a max 52 semanas está com erro “C:\Users\Home\Downloads\52_Semanas_[batmanguide.wordpress.com].rar: Final inesperado do arquivo”

    Será que tem como upar novamente? 🙂 Se possível, coloque uma pasta por torrent (neste, coloque sem ser compactado, é possível.)

    Desde Já agradeço.

  15. noooosa, parabéns pelo material. passei muito tempo procurando material sobre a crise infinita, pois foi uma macrosérie que eu adorei. só não tinha achado nada tão bem feito quanto esse. juntei muita coisa, + tinha links quebrados ou não consegui achar algumas revistas. foram meses procurando e procurando até que eu desisti. e não é que achei TUDO em um só link?! MUUUUUUUUUUUITO OBRIGADO

  16. Muito bom o trabalho de vcis. Sinceramente um dos melhores que eu ja encontrei. Espero que continuem com esse grande trabalho.
    So tenho uma pergunta.
    A ordem de leitura e essa numerica?

  17. Querida Jessica! Pra vc nossa eterna gratidão!! Que post maravilhoso!! E seremos eternamente devedores das suas horas perdidas para juntar todos esse mataterial e organizá-lo para nos disponibilizar tudo certinho!!

    Um milhão de obrigadas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Olá querida, como vai você? 😀
      Que comentário mais fofo! Fico muito agradecida por tanto carinho. É um prazer poder ajudar a entender melhor o universo do Morcego.

      E, claro, junto com o Augusto, sem o qual esse site já não existiria mais, devido ao valor de seu trabalho.

      Beijos!

  18. O que tem que fazer para conseguir baixar no 4shared? Não teria como upar esses mesmos arquivos no mega? Comecei a acompanhar hoje e já adorei a página! Obrigado por todo o trabalho e dedicação!

  19. Pingback: Feliz 2014! | Batman Guide

  20. Parabéns pelo EXCELENTE texto produzido por vocês 2 e pelo fato de disponibilizarem as hqs na ordem cronológica correta (independente de eu ter preferido o resumo, pq haja tempo e paciência pra ler tudo rsrs).

    Sou ex-colecionador e amante de quadrinhos das antigas (1986, era abril e fui acompanhando TUDO) até 2001 onde tive que escolher entre os quadrinhos e o leite do meu filho mais velho, hoje com 15 anos de idade.

    Forte abraço a vocês e aos demais colegas que amam quadrinhos assim como eu,

    ThunderClayton

    • Clayton,

      Ficamos honrados em saber que um colecionador tão experiente encontrou no Batman Guide um lugar para apreciar.
      Muito obrigada pela sua visita e por dividir conosco a sua história. Esperamos que seu filho herde de você o prestígio aos quadrinhos!

      Beijos!

  21. Opa, valew mesmo pelo conteúdo, nunca tive muita chance der ler os HQs que eu queria, mas agora vou poder ler. Só uma duvida, vou acompanhar “Os novos 52”, de onde devo ler pra entender tudo sem ficar buracos? Crise Infinita pra frente basta? Pretendo acompanhar Asa Noturna, Batman(e Robin), Superman(e SuperBoy)Liga da Justiça, Arqueiro Verde e Flash(que já comecei). Serio, muito obrigado pelo trabalho Show que vocês fizeram!

    • Junior, os “Novos 52” não requerem você saber nada do que se passou antes.

      A DC passou por um reboot, ou seja, “encerraram” toda história que conhecemos e recomeçaram com permissão de mudar tudo. É a “nova história oficial dos heróis da DC”. Então, tudo o que aconteceu antes, é considerado só “velha história” mesmo. Não precisa ler nada. PORÉM, os Novos 52 tá uma bosta, eu preferia me especializar na antiga história do que na nova.

      Eu to por dentro da nova porque continuo comprando, gosto de estar atualizado E já conheço a história antiga de inicio a fim. Mas se eu não conhecesse bem nenhuma das duas e fosse pra eu dedicar esforços, eu dedicaria à história antiga.

  22. vc tá de parabéns pelo site! nunca encontrei um tão organizado e tão aprofundado nos fatos sobre as personagens. gostaria muito que vc re-upasse novamente os links 2, 3, e 4 deste post. pois ao baixar o zip e ao tentar remover o conteúdo, ele aparece corrompido. muito grato. e continue seu trabalho que é formidável!!!

  23. Pingback: Os super-heróis do século 21 | The Outworld

  24. Ué , esta dando erro pra baixar … Nao consigo baixar nenhum … ( no win.rar esta dando “final inesperado” ) Creio que nao seja a instabilidade da internet ,pois estou baixando algumas outras HQs do site e nao deram erro !
    Agradeço desde já !

  25. a HQ de numero 38, Nuclear v2 10, está com uns problemas em algumas imagens, se for possivel da uma olhada, pode ser só aqui comigo, to baixando de novo pra ve…
    abraços, o site é muito foda

  26. Pingback: #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide

  27. pUTZ…AGORA em 2015 relendo as sagas das Crises, achei o seu blog quando procurava sob 52 e uma ano depois, pra entender melhor.. Muito bom o seu texto… Não sei se vc continua com seu blog…mas esta de parabens.

  28. Pingback: RESULTADO do Aniversário de 3 anos do Batman Guide – Sorteios e Quizz de Batman! | Batman Guide

  29. Pingback: #101 – Superman: Liga da Justiça Elite | Batman Guide

  30. Pingback: #102 – Lanterna Verde: Eclipse Esmeralda | Batman Guide

  31. Pingback: #102 – Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda | Batman Guide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s