#92 – Corporação Batman: Leviatã Ataca!

“Há uma coisa que aprendi como membro da Corporação Batman. Você nunca está sozinho com um Batsinal.”

Finalmente chegamos ao post sobre a Corporação Batman aqui no blog. A semente para essa idéia foi plantada em uma conversa de Bruce com os seus aliados no post de “Bruce Wayne – Estrada para Casa”. Naquela edição, ele pontua sua intenção de expandir o alcance de Batman para cada lugar do mundo, criando uma rede em que cada um dos Morcegos receberá uma atribuição. “De hoje em diante, Batman estará em todo lugar que haja escuridão. Sem lugar para se esconder.”
Antes de começar o texto em si, alguns esclarecimentos para que tudo possa ficar bem entendido entre nós. Para falar dessa nova fase de Batman, eu tinha duas opções: apresentar a série mensal de Corporação Batman, que durou 8 edições (janeiro-outubro de 2011), ou apresentar o especial “Leviathan Strikes!”, de 2012. A série mensal é importante? Sim. Assim como a série mensal de Batman é importante em todas as suas 713 edições + os especias, as 4 séries mensais de Robin com aproximadamente 206 edições, as 3 séries mensais do Asa Noturna que somam aproximadamente 193 edições… Entendem meu ponto? Se fôssemos ler as séries mensais todos os personangens ao pé da letra, só com esses três personagens principais já teriamos mais de 1000 HQs acumuladas para leitura. Claro que se você tiver tempo, você deve ler os arcos mensais, são interessantíssimos. Mas como o objetivo do Batman Guide é apresentar só o que é essencial para a leitura, eu escolhi apresentar logo o especial da Corporação Batman.
Mas para não deixá-los totalmente desorientados, vou fazer um resumo das 8 edições mensais antes de falar do especial. Você pode baixá-las no nosso parceiro DSClub.
Em seguida, você lerá: “Corporação Batman – Leviatã Ataca!” (“Batman Inc: Leviathan Strikes!” Roteiro de Grant Morrison e arte de Chris Burnham e Cameron Stewart, fevereiro de 2012)

Introdução – Corporação Batman

Line001Em primeiro lugar, é preciso que eu diga: essas mensais tiveram as capas mais lindas que já vi. Acho que foi a sequência de capas de uma série mais bem-feitas da história do Morcego. Clique para aumentar.

001Batman encontra Mulher-Gato em uma de suas missões – Batman está atrás de algo que foi inventado e não deve cair nas mãos de outra pessoa senão as dele. O Morcego pensa em convidar um dos rapazes envolvidos para entrar na Corporação Batman, mas como ele havia utilizado uma arma de fogo, ele é vetado. Mas ele irá surpreender Batman, “zerando” sua personalidade e sendo convidado a entrar para a Corporação Batman com um juramento bem parecido com os feitos pelos Robins. O primeiro ramo da Batman Inc no Japão: Jiro Osamu, como Senhor Desconhecido.
A capa da terceira edição é de chorar de tão linda. Ela traz logo na capa um personagem que já vimos na Luva Negra; El Gaúcho. Bruce Wayne vai até a Argentina tentar convencê-lo a integrar a Corporação Batman. De início ele resiste, mas se vê preso numa armadilha com o Morcego com um dos personagens que eles julgavam estar mortos – um dos capangas de Dr. Hurt em “Descanse em Paz”.
binc_04_021Na quarta edição, outra personagem sumida aparece em um flashback: Katherine Webb-Kane, a primeira Batwoman, original. Descobrimos que ela teve um relacionamento com Batman e com El Gaúcho, sendo motivo de uma antiga desavença entre eles. Segredos são revelados na armadilha montada para eles. A Batwoman original acaba se encontrando com a atual Batwoman, e elas caem na porrada.
Batman consegue encurralar o capanga que estava mantendo ele e Gaúcho reféns. Eles se revezam no interrogatório tentando descobrir para quem eles estavam trabalhando, mas o criminoso não revela nada. Entra em cena um vilão chamado Dr. Dédalus que tem um instrumento chamado Labirinto da Morte, capaz de matar heróis. Vários foram mortos nesse labirinto, mas um deles deixou uma arma que foi convertida em uma bomba. Essa bomba será utilizada para iniciar uma guerra que mandará Batman para o inferno. Sob ordens… Do Leviatã.
Um prólogo do edição #5 nos é particularmente interessante: uma sala de aula do que parece ser a África. Um professor ensina aos alunos uma doutrina perigosa: o Leviatã é a resposta para todas as perguntas. Para garantir que todos no mundo também achem isso, o professor distribui rifles e AKs para os alunos. Um homem esguio com uma armadura de Batman ultra-tecnológica espia tudo do teto. Seu nome é David Zavimbe. Ele é Batwing. O novo membro da Corporação Batman (Estou tão ansiosa para falar sobre ele aqui!)

01
002 Começa a se espalhar a notícia de que Bruce Wayne está contratando e patrocinando Batmen por todo o mundo. Em contrapartida os chefões do submundo estão mexendo os pauzinhos para lidar com isso (e no meio deles um chamado “Homem-Emoticon” que… Usa máscaras de emoticons. Ok.)
Em suas coletivas de imprensa o bilionário esclarece que segurança é uma de suas prioridades, assim como a construção de um mundo mais seguro. Uma pequena cena exibicionista para os jornalistas de Gotham.
Batman passa o comando dos Renegados para Red Robin. Ele decide articular o combate àquele que vem se mostrando um inimigo cada vez mais poderoso: o Leviatã. Ele está criando, entre outras coisas, um… Exército de crianças assassinas, que ficam felizes em matar em nome do Leviatã.

Aparece também o Homem-dos-Morcegos e seu sidekick Corvo Vermelho, mais um dos “Batmen de Todas as Nações” (não lembra quem são eles? Clique aqui) Trecho engraçadíssimo é a entrada NADA discreta da Batcaverna do Homem-dos-Morcegos.

Homem dos morcegos

003Muita tensão na 7ª edição, com direito a luta de gangues, o Homem-dos-Morcegos  no meio da briga mesmo esfaqueado num lugar perdido dos Estados Unidos. Eles também entram para a Batman Inc.
Na 8ª e última edição, com temática high-tech, um teaser do que encontraremos em “Leviatã ataca!”: Oráculo fala a Batman sobre um trabalho especial que Batgirl está desenvolvendo em uma “escola do mal”, envolvida com o Leviatã. E Batman liga os pontos sobre um pequeno país africano, até pouco tempo governado por uma supermodelo. Que enganou Batman, levando-o a uma armadilha que quase o matou. Seu corpo nunca foi encontrado.
Jezebel Jet está de volta.

Para facilitar a vida de vocês, reuni a formação da Corporação Batman no fim dessas 8 edições:

BATMAN INCORPORATED

Lista de membros da Corporação Batman

(Queridos, essa lista deu trabalho para ser feita, então espero que gostem. Se encontrarem um erro, por favor, me avisem!

Introdução feita, vamos às vias de fato: a HQ de hoje!

Corporação Batman: Leviatã Ataca!

Line002001A HQ começa com um juramento característico do Leviatã: “Não tememos a morte, pois somos a morte!”. O cenário é um prédio antigo, uma escola. E quem está fazendo o juramento é Stephanie Brown e uma amiga. Com cordas ao redor do pescoço. Rodeadas por meninas com rostos de caveira. Certo, as coisas estão indo rápido demais. Como chegamos até aqui?
Flashback de um mês atrás. Stephanie Brown está sendo levada para seu primeiro dia de aula no tradicional Colégio de St. Hadrian. Nem tão tradicional assim: na primeira aula de Stephanie, a professora está ensinando como confeccionar uma granada de mão com objetos encontrados em qualquer cozinha. Bela aula.


Como toda boa novata, ela é mal-recepcionada pelas veteranas do Colégio. Mas não são apenas grosserias e trotes: ela é recepcionada com armas de fogo apontadas para a cara dela. Há um boato que as alunas querem esclarecer: é verdade que ela é filha do Batman?
002Nesse colégio é que foi treinada a personagem Scorpiana que apareceu nas edições da série mensal, lembram? Há uma foto dela no corredor da diretoria da escola (que é onde Stephanie vai parar depois de desarmar e socar todas as coleguinhas que tentaram ameaçá-la). Uma dica do que Steph está fazendo nesse centro de treinamento de vilãs: descobrir mais sobre a tecnologia Leviatã. Só que a sua presença está despertando atenção da vice-diretora do colégio, bem como do diretor.
Cena bem peculiar da próxima aula da menina: treinamento de tiro ao alvo com armas de fogo. E quem são os alvos? Fotos dos membros da Liga da Justiça! (Nota: a instrutora pede que as meninas atirem onde machuca mais, observe nos alvos onde elas atiram). O desempenho de Steph é tão excepcional que ela é convidada para o famoso ritual que acontece na Torre do colégio – convite feito apenas às alunas que se sobressaem. É uma cerimônia bem macabra de iniciação ao Leviatã. Exatamente a cerimônia que vemos no início dessa HQ. A cerimônia das Garotas Mortas do Leviatã.
003E quem é o mestre de cerimônias desse sinistro ritual? O filho do Mr. Porko. Você se lembra do Mr. Porko? Falei dele aqui nesse texto. Então, ele deixou um filhote tão estranho quanto ele. E tão perigoso quanto. O ritual envolve até mesmo uma hóstia que as colocará em sintonia com Leviatã. Os preceitos dessa associação são: não sentir remorso, não temer a morte, não conhecer o medo. Aprenderem a matar quando lhe mandarem. Os gadgets desse esquadrão de meninas são itens de maquiagem adaptados para serem objetos letais: um spray de cabelo que libera ácido sulfúrico, um vidro de perfume com gás lacrimogêneo, uma escova de cabelos que libera dardos…
Mas as coisas não saem tão bem para Stephanie e sua amiga. Eles sabem que uma delas está se reportando a alguém fora da escola. E eles querem arrancar a pele do rosto dessa pessoa.
Antes que o pior acontece, Steph consegue fugir dessa primeira tentativa de morte, levando sua amiga; agora ela pode assumir o traje de Batgirl. Ela foi enviada por Batman para estragar a operação do St. Hadrian. Mas as coisas acabam ficando complicadas e elas são encurraladas pelas garotas mortas e pelo sr. Porko. Entretanto, nas palavras de Steph: “Há uma coisa que aprendi como membro da Corporação Batman. Você nunca está sozinho com um Batsinal.”

004A ameaça inicial é neutralizada, mas Batman precisa sair para “conversar” um pouco com a diretora, e deixa Batgirl sozinha (nem mesmo sua amiga irá ajudá-la, pois ela acabou comendo a hóstia de controle mental do Leviatã, e agora está do lado deles.) Pois bem. Lembra-se da HQ “Bruce Wayne: Estrada para Casa”, mais especificamente do volume da Batgirl?
Bruce demonstra várias vezes não ter certeza se Batgirl está à altura de seu cargo, se tem o treinamento adequado, se tem a rigidez moral necessária para um papel tão difícil e exigente. Mas nessa história ela nos prova que, sim, ela está à altura.

“Eu fui treinada pelos atuais mais perigosos homens e mulheres do mundo, e não vim aqui pra aprender… Vim pra ensinar.”

Batman encurrala a vice-diretora em sua sala para questioná-la sobre a validade de um treinamento de garotas espiãs para seu cliente internacional, um culto de controle mental – o Leviatã. A forma como as cenas com a diretora foram dispostas – com faixas de fala do Batman perguntando “QUEM É O LEVIATÃ?” – me lembrou sobre quando Batman estava tentando descobrir a identidade de seu poderoso inimigo “Luva Negra” em “Descanse em Paz”:

Luva Negra

batman_024Mas ele não consegue descobrir, de fato, quem é o Leviatã. E a diretora é brilhantemente neutralizada por Batgirl em uma cena que prova que ela está 100% preparada.
Waynetech. Bruce Wayne e Lucius Fox estão analisando uma espécie de cristal com alto potencial de mutabilidade (um metamaterial), confiscado do doutor Silvana, que se devidamente modificado serve para tornar superfícies invisíveis, por exemplo. E também estão analisando uma imagem – um padrão – que vem se repetindo há certo tempo: a figura do Ouroboros, um símbolo representado por uma serpente ou ainda ou dragão que morde o próprio rabo, representado um ciclo; a idéia do infinito, do retorno ou ciclicidade. Talvez sugira uma perpétua fonte de energia renovável.
Para encerrar a conversa, Batman e Lucius se deparam com o novo plano deles: um exército de armaduras de Batman, para que haja um Batman em cada casa.

005Chegamos ao Capítulo 2, o capítulo decisivo dessa história. De alguma forma, Batman (Bruce) e Batman (Dick), Robin e Red Robin foram encurralados em algo que parede uma sede do Leviatã, com várias portas fechadas, atrás de quais uma está a liberdade – atrás das outras, a morte. A essa altura eles já tem consciência de que Leviatã é Jezebel Jet – que deve odiar muito Bruce a ponto de primeiro trabalhar com Dr. Hurt e depois como Leviatã para acabar com ele.
E essa entidade maligna tem um plano: eles tem um prazo de 20 minutos, e um agente de Corporação Batman irá morrer a cada 5 minutos. Bruce decide entrar pela porta branca. Uma pequena retomada da história de Porko. Ele corre um enorme perigo.

006David Zavimbi (Batwing) foi “convidado” pelo governo de seu país a prestar declarações sobre seu envolvimento com a Corporação Batman – sob a ameaça de ser decapitado por facões enferrujados. Ele consegue escapar e se juntar à missão de Batman, e, acima de tudo com uma informação importante sobre Jezebel Jet: [Alerta de spoiler! Se deseja ler, selecione o texto a seguir]. Ela não é o que eles pensavam. Ela não é o Leviatã. Ela não está no controle de tudo. E ele descobriu quem está. [Fim do spoiler] Mas antes que ele consiga contactar o Morcego para repassar essa informação, ele é atacado por… Asas de morcego. Gigantes. Isso te lembra alguma coisa? Conseguirá ele escapar ou a promessa feita a Batman de que um agente morreria a cada 5 minutos será cumprida?
O Capuz corre perigo. E Batman, bem, está sendo atingido no seu ponto mais fraco: sua psique, fragilizada por traumas que o tempo foi incapaz de curar. Novamente aparece a simbologia do colar de pérolas de Martha Wayne arrebentando.
Os aliados de Batman descobrem que alguns dos agentes da Corporação Batman foram drogados e manipulados para ataca-los. E em meio a eles, um agente duplo… El Gaúcho. Antigo agente 33 da Spyral. Ele esteve trabalhando contra Batman esse tempo todo.
Os Renegados correm perigo pelas mãos pútridas do Clube de Heróis Mortos.
007Tudo está desmoronando. É um revival do que aconteceu ao Morcego durante “Descanse em Paz”. Ele está sendo levado aos seus limites psicológicos, perdendo o controle mental, sendo conduzido por um labirinto sem volta em suas próprias memórias e dores, envolto em simbologias de sua trajetória – o colar, o bat-sinal, a bat-caverna.
Uma reviravolta nos acontecimentos. Supostos traidores que, na verdade, estiveram do lado de Batman o tempo todo. Mas há um colar de meta-bombas espalhadas pelo mundo, como um colar de pérolas (!) esperando para serem explodidas. Será possível impedir? Se uma promessa entre pai e filho for quebrada, isso pode ser impedido? O mundo pode ser salvo por apenas um homem, é verdade que com um grande poderio bélico, mas apenas um homem?
Há coisas que não se encaixam nessa história. Como eu disse ali em cima, Jezebel Jet não é o Leviatã. Há referências a uma estrela que pertence a constelação de Perseu. Algol. A cabeça do demônio.
A cabeça decapitada de [Alerta de spoiler! Se deseja ler, selecione o texto a seguir] Jezebel Jet [Fim do spoiler] é encontrada ao lado de um telefone, que Batman pega. Nesse telefone está a resposta para a dúvida que tem nos perseguido ao longo desse arco: quem é o Leviatã?
Quem seria tão cruel a ponto de oferecer uma recompensa de meio bilhão de dólares pela cabeça do próprio filho – tendo para si um exército de assassinos devotados, fruto de um culto de lavagem cerebral? Quem é esse inimigo poderoso, com alcance global, sem medo de matar, nem que para isso tenha que mobilizar países inteiros?
QUEM É O LEVIATÃ?
[Alerta de spoiler! Se deseja ler, selecione o texto a seguir]. O Leviatã é Talia Al Ghul. De fato, seu nome esteve incluso no nome dessa organização todo o tempo, em letras embaralhadas: LevIATÃ (LevIAThAn, no original).[Fim do spoiler]
LineDown
O fim dessa edição é espetacular pelo seguinte motivo: com quadros simples, ele explica o que aconteceu ao longo dessas edições, mais ou menos o que eu fiz aqui no começo do texto. De fato, eu podia ter falado para vocês, “leiam as páginas 54 a 61 desse scan e vocês vão entender Corporação Batman”, mas preferi dar um tratamento mais pessoal a essa história. De fato, a idéia e a história de “Corporação Batman” é relevante por vários motivos.
É interessante observar como Bruce assume, talvez pela primeira vez na história, um papel mais ativo enquanto BRUCE WAYNE, dono da Wayne Enterprises. A figura de Bruce sempre ficara meio apagada em detrimento da identidade de Batman, sempre em segundo plano. Mas agora ele é essencial para assegurar a abrangência do Morcego ao redor do mundo. Para justificar como tantos Morcegos podem ter acesso a gadgets tecnológicos como os que ele tem. Paralelamente a isso, ele continua atuando como Batman – Dick Grayson também, e você precisa perceber através do traje/estrutura física quem é quem.

Achei bem interessante terem usado a idéia de um culto de lavagem cerebral a uma divindade. A repetição de padrões; o reforço de uma cultura de amor pelo poder e da ausência do medo; a coerção; a repetição; a influência de um líder ÚNICO, absoluto todo-poderoso e inquestionável (o Leviatã); a definição de um inimigo a ser combatido; todas essas técnicas de persuasão utilizadas para instigar o fanatismo nos membros do Leviatã. Como resultado, cria-se um culto poderoso a ponto das pessoas darem sua vida e dedicarem-se inteiramente ao Leviatã. E, bem, a revelação final é surpreendente. Realmente, certas pessoas não tem escrúpulo nenhum.

Eu espero que vocês tenham gostado! Vamos seguir com a cronologia, estamos chegando no reboot! Pretendo não demorar para postar daqui pra frente, queridos. Muito obrigada pelo carinho e até o próximo post!

Strikes

Download no MEGA – “Corporação Batman – Leviatã Ataca!”

Anúncios

  1. Excelente conteúdo,confesso que não conhecia essa história de Grant Morrison,pretendo sim ler essa HQ e descobrir quem é o Leviatã.E pelo que foi descrito todos nessa história parecem ter um sido bem retratados,parece ser sensacional. E parabéns,claro,à Jessica por mais este ótimo post…

  2. Pingback: #94 – O Cavaleiro das Trevas: Aurora Dourada | Batman Guide

  3. Pingback: #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s