#64 – Aves de Rapina: Almas Gêmeas

Oi!
Hoje o texto será sobre as Aves de Rapina. Me baseei nos textos descritivos do Augusto para formular esse – e isso significa que darei enfoque muito mais na história das personagens do que na história escolhida. O grupo das Aves de Rapina possui um longo histórico de mudanças, e tentarei falar um pouco sobre todas elas nesse texto. Espero que gostem!

Line02

004A série intitulada “Birds of Prey” começou com o roteirista Chuck Dixon. Oráculo era um personagem popular, mas para agregar valor a Canário Negro (Dinah Lance) também foi convocada. As histórias faziam constantes intercâmbios com outros personagens. A dupla focava em combater vilões terroristas, traficantes de armas e de narcóticos. Era uma série regular, mas não espetacular. Dixon precisou abandonar Aves de Rapina e por um período a série foi assumida por Terry Moore e Gilbert Hernandez – que produziram histórias de gosto duvidoso, minando ainda mais a preferência do público por essa publicação. Estaria “Aves de Rapina” fadada ao fim?
Não. Gail Simone assumiu a revista mensal de Birds of Prey e foi responsável pelo que pode ser chamado de “período de ouro” dessa publicação. Simone começou sua carreira escrevendo os roteiros de Simpsons para a Bongo Comics, e depois desenhando Deadpool e Agente X. Depois desse período, foi contratada para a DC Comics, onde assumiu o comando a partir da edição #56 de Aves de Rapina. Como desenhista oficial, foi convocado o brasileiro Ed Benes, conhecido por desenhar mulheres voluptuosas – o que contribuiu para a popularização de Aves, além, é claro, dos roteiros interessantes de Simone.
AndersonQuando assumiu, colocou a Caçadora como personagem efetiva de Aves de Rapina. O relacionamento entre as personagens não era dos mais perfeitos, pois Bárbara não se relacionava bem com Helena Bertinelli. Esse lado dos relacionamentos das personagens é amplamente explorado por Simone, através de diálogos curtos e diretos; ela também abusa de elementos mais próximos da realidade dos leitores, como saídas noturnas, o bom humor entre as personagens, momentos tensos e emocionantes – tudo para cativar o leitor.Mulheres tão diferentes entre si convivendo de maneira tão próxima e em situações de tensão são um tema bastante interessante para se tratar, e Simone soube fazer isso de forma magistral.
1456174-birds_of_prey_8 Depois dos eventos da HQ desse post (parte final desse texto), elas começam a ter uma relação menos conflituosa. Mas Bárbara teme que Dinah entre em perigo mortal novamente, e insiste para que a amiga fique mais tempo no planejamento estratégico do grupo – ficando mais segura na torre central. É óbvio que Canário se recusa, e é, assim, demitida do grupo. Bárbara surpreende novamente nesse arco, pois fica claro que o responsável pelo sequestro de Dinah está sendo torturado na cadeia sob suas ordens, como forma de vingança pelo que fez com a amiga. Enquanto isso, Canário treina novas táticas com Batgirl, para conseguir evoluir enquanto lutadora.
Bárbara repensa sua decisão e aceita Canário novamente na equipe, e as três conseguem se aproximar e fortalecer a equipe.
tumblr_mj9p4wvIHs1rd8w6so1_500Gail também busca reunir várias personagens da DC Comics, não da maneira superficial como muitas vezes elas são retratadas, mas com uma abordagem psicológica bastante interessante e detalhada. Canário Negro começa a conviver com Lady Shiva em Hong Kong, Bárbara Gordon está com problemas pessoais que acabam refletindo em seu trabalho (lembre-se que ela é consultora de Batman, da Sociedade da Justiça da América e de Cassandra Cain). Essa abordagem aproxima o leitor das personagens, porque até mesmo Oráculo, o cérebro por trás de supercomputadores tão complexos, também pode se deixar afetar por problemas pessoais. Bárbara é sequestrada por falsos agentes do FBI, e é acusada de traição aos EUA. Eles estão a serviços de um senador corrupto que descobre a identidade dela e a desativa. Ela consegue se comunicar com as outras duas Aves, mas quem a salva é justamente Caçadora. Ambas conseguem chegar a tempo de resgatar Lady Shiva e Helena.
Após esse trabalho em equipe (não estou descrevendo todo o roteiro de todos os arcos aqui senão o texto ficaria muito cansativo e longo), Caçadora é convidada para entrar de forma definitiva nas Aves de Rapina.
O quarto arco é uma continuação no processo das Aves para se tornarem uma equipe de verdade. A arte desse arco contou com a presença de Joe Bennett, também brasileiro. A convivência e o ajuste entre elas não tem sido fácil. E, para ajudar, na minissérie “Asa Noturna / Caçadora” de 1998 (clique aqui para baixá-la), Helena dormiu com Dick Grayson – ou seja, Bárbara não consegue aceitar isso. Canário também fica irritada com Caçadora ter ido para cama com Roy Harper, seu protegido, a quem ajudou a salvar dos problemas com dependência química. Ou seja, elas tem muitas idas e vindas. O arco termina de forma positiva: Bárbara presenteia Canário com um imóvel para que ela construa sua floricultura e arranja um emprego de professora para Helena, o seu verdadeiro sonho. Tudo parece melhor.
O quinto arco é inspirado no caso do suicídio coletivo promovido por Jim Jones. Helena é convocada para investigar a morte de vários jovens por todos os Estados Unidos, com um padrão entre eles: eles morrem vestidos de super-heróis que já morreram. Essa seita é comandada pelo Reverendo Brusaw, e relacionado a alterações químicas dos membros, lavagem cerebral e sacrifícios de crianças. Light. Gail Simone procurou trabalhar temas atuais, como tecnologia e fundamentalismo religioso.
É nessa época que Gail Simone introduz a personagem Lady Falcão Negro, que é Zinda Blake, uma antiga personagem da DC que fora criada no começo dos anos 60. Originalmente, ela era uma moça que queria fazer parte da equipe de soldados especiais Falcões Negros, e participar das ações da Segunda Guerra Mundial. Ela dominava armas pesadas, aviões modernos, táticas de defesa e combate, mas fora impedida de ingressas nos Falcões Negros por ser mulher. MAS Zinda é tão perigosa e boa no que faz que o Falcão Negro em pessoa aceita a mulher no grupo. (Mulheres fortes são tão lindas). Bom, de alguma forma sinistra ela parou no tempo e veio parar na atualidade. Ela tem que se virar de algum jeito, então acaba virando uma garçonete, mas ainda não perdeu suas habilidades de combate. Ela é, então, convidada por Oráculo para ingressar as Aves de Rapina, mas muito mais como uma colaboradora esporádica em missões especiais.

LineNo sétimo arco, temos a situação das Aves de Rapina durante a saga Jogos de Guerra. Os erros de Stephanie foram se sucedendo de tal forma que o prédio (Torre) das Aves de Rapina é totalmente destruído. Máscara Negra descobre a localização da Torre onde ficam armazenadas as informações de Oráculo, e antes que ele possa atingir o local e ter acesso às informações confidenciais do Morcego, Bárbara aciona a auto-destruição dos arquivos. Tudo se perde, anos de trabalho, de lembranças, de conhecimento. Para superar, Oráculo precisa sair da cidade, e as meninas também precisam reconstruir sua história longe dali. Elas precisam agir em outros lugares do mundo. Mesmo em um momento doloroso, é bonito ver como as Aves de Rapina se aproximaram para se fortalecer.

Continuar lendo

Anúncios